Blog Messer

Soldagem de alumínio com pureza de argônio: saiba por que indicamos para nossos clientes

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Os processos de soldagem dependem muito do tipo de metal com o qual a indústria está lidando, já que cada um exige uma técnica distinta. Na soldagem de alumínio, por exemplo, é necessário ter cuidados na preparação, antes da execução, e, também, com o grau de pureza do gás utilizado no processo.

Justamente por ser um material sensível, é preciso ter maiores cuidados na sua manipulação, um gás errado pode tornar o processo mais trabalhoso e com um resultado final não satisfatório, como porosidades internas, influenciando na durabilidade da vedação.

Além disso, realizar a limpeza antes e durante a soldagem é fundamental para o sucesso da união.

Neste artigo, a Messer Gases vai te explicar por que o argônio ultra puro é a melhor opção se comparado ao industrial e o que acontece quando outros gases menos puros são utilizados.

Por que é difícil soldar o alumínio?

Um engano muito comum é acreditar que a soldagem de alumínio tem um nível de dificuldade elevado. Na verdade, o processo em si é o mesmo utilizado na união dos aços em geral

A diferença é que soldar esse tipo de metal requer a utilização de um gás de pureza superior para que o resultado final seja satisfatório.

Sendo assim, quando a indústria não dá a devida atenção ao nível de pureza e ao gás recomendado, a soldagem se torna mais difícil e trabalhosa, além da excelência no padrão de qualidade não ser atingida. 

Pureza do argônio e a importância para um acabamento bem feito

O recomendado para ligas de alumínio é que seja utilizado um gás com pureza mínima de 99,998%, ou seja, 4.8. Por isso, especialistas apontam o argônio de alta pureza como a melhor opção de gás de proteção para esse processo.

Além disso, o argônio puro é um dos gases de proteção mais conhecidos e são aplicados tanto em soldagem MIG quanto TIG. Outros igualmente populares são o Hélio e as misturas de Ar + He. 

Entenda o que acontece quando o argônio não tem alto grau de pureza

Quando a soldagem do alumínio é feita com gases que não têm alto grau de pureza, é comum surgir porosidades internas no cordão de solda, o que prejudica a resistência mecânica da junta soldada.

Isso acontece devido a maior presença de umidade no interior dos cilindros, que não sofrem tratamento de vácuo a quente antes do enchimento.

Quais são as vantagens de soldar alumínio com argônio?

O uso de um gás de alta pureza no processo de soldagem de alumínio proporciona maior qualidade no cordão da solda, sem a presença de porosidades que prejudicam a qualidade do trabalho e a resistência da peça soldada.

Isso acontece porque o cilindro de aço passa por um tratamento de vácuo à quente antes do enchimento, permitindo a manutenção de baixos índices de umidade que são exigidos em um gás com alta pureza.

Além disso, podemos citar outros benefícios da soldagem de alumínio usando argônio, como:

  • proteção contra efeitos oxidativos provocados pelo oxigênio presente no ar atmosférico durante o processo;
  • acabamento superior do cordão de solda;
  • excelente qualidade de solda;
  • menor aquecimento da peça soldada.

Conheça outros gases que podem ser utilizados na soldagem de alumínio

Os processos de soldagem de alumínio podem ser feitos com o argônio de alta pureza, como citamos aqui, no entanto, existem outras possibilidades de gases que funcionam bem e apresentam vantagens. 

Saiba quais os outros tipos de gases que podem fazer parte da rotina de solda em sua indústria.

Hélio puro

O hélio é um gás de alta condutividade térmica e, por isso, proporciona uma maior transferência de energia para a poça de fusão. 

Essa energia aumenta a temperatura da poça, o que resulta em uma melhor fusão do cordão soldado e na redução da velocidade de resfriamento, o que também contribui para a fuga de qualquer gás aprisionado no cordão soldado.

Nesses casos, quem trabalha com aplicações especiais em soldagem TIG pode investir em hélio puro e obter excelentes resultados.

Argônio + hélio

A adição de hélio a um gás de proteção como o argônio resulta em um arco de soldagem mais quente do que o produzido a partir do argônio puro. Isso pode proporcionar uma significativa redução nos defeitos do processo devido à alta condutividade térmica do hélio.

Essa é a melhor mistura para quem deseja fazer soldagem de alumínio. É a segunda escolha mais popular e que atinge bons resultados, ficando atrás apenas do argônio puro. 

Tenha argônio com alto grau de pureza nos seus processos com a Messer

A Messer é a maior empresa de capital privado do segmento de gases no mundo, com operação na Europa, Ásia e Américas e mantemos um portfólio completo de gases para soldagem de alumínio e outros processos.

Vantagens de comprar com a Messer

Além da excelência na produção, a Messer garante o fornecimento de gases ininterruptamente para a sua indústria, para que não haja paradas em sua produção. Temos uma equipe preparada para atendimento 24 horas — porque quem trabalha com indústria sabe que a operação não pode parar.

Além disso, temos a Loja Inteligente Messer, a nossa loja virtual. Por lá, é possível fazer pedidos, consultar quais cilindros Messer estão em sua posse, atualizar seu cadastro e conferir faturas e boletos. Tudo a poucos cliques, sem precisar sair de casa!

Conheça nossos Gases para Soldagem!

Conheça a Loja Inteligente Messer!

Loja Inteligente Messer é a nossa loja virtual.

Por lá, além de fazer pedidos com a possibilidade de diferentes formas de pagamento, você pode consultar quais cilindros Messer estão em sua posse, atualizar seu cadastro, conferir faturas e boletos, atualizar os níveis do tanque e entrar em contato conosco para atendimento e solicitações de assistência técnica.

Buscar

Assine nossa newsletter

Receba notícias exclusivas do nosso time de conteúdo

Categorias

Categorias

Alguma dúvida? Pergunte ao nosso time. Estamos prontos para ajudá-lo!    Contate-nos