Acetileno

Home > Produtos > Acetileno

Símbolo: C2H2

O acetileno é um gás sem coloração (incolor), instável, altamente combustível, e que produz uma chama de elevada temperatura (mais de 3000° C). Em sua forma pura, o acetileno tem um cheiro agradável, mas quando há a presença de impurezas em sua composição, apresenta um odor irritante.

Ele é um composto que faz parte da classe dos alcinos, que são hidrocarbonetos acíclicos, insaturados com uma ligação tripla. Trata-se de um gás muito instável, que sob pequenas compressões se decompõe com muita facilidade, liberando a energia armazenada nele.

Sendo um composto gasoso, o acetileno à temperatura ambiente não apresenta cor, podendo ser dissolvido em água. Além de também ser solúvel em alguns tipos de solventes orgânicos polares como o álcool e o éter.

Possui ponto de fusão e temperatura de ebulição relativamente próximas, em cerca de -84ºC. Assim como parte dos alcinos, possui alto poder de reatividade, potencializado em ambiente atmosférico que tenha a presença de halogênios, oxigênio, cobre, mercúrio e prata.

Considerado um tipo de matéria-prima com muita versatilidade dentro das fábricas, o acetileno faz parte da produção dos seguintes materiais: os explosivos, os solventes usados em indústrias e plásticos de borracha sintética.

Além disso, é também aproveitado na síntese de compostos orgânicos como ácido acético e álcool etílico. A sua obtenção ocorre por do calcário e o carvão de pedra, chamada de hulha- combustível fóssil originado a partir da decomposição de materiais em florestas antigas, todos esses materiais são encontrados em abundância no meio ambiente.

A descoberta desse composto ocorreu no século XIX, no ano de 1836, sendo considerado uma das mais importantes matérias-primas na sintetização de muitos compostos orgânicos utilizados em indústrias, dentre os quais estão o ácido acético, plásticos, além das borrachas sintéticas.

O acetileno é fornecido em estado líquido ou gasoso, envasado em cilindros, tanques ou por meio de gasodutos.

Aplicações

  • Hospitalar: é um componente de uma mistura gasosa usada para teste de diagnóstico de função pulmonar.
  • Laboratorial: é usado como gás combustível em espectrofotometria de absorção atômica.
  • Indústria de Metais: é usado para operações localizadas ou manuais, como soldagem, brasagem, corte, endireitamento ou aquecimento.
  • Componentes Eletrônicos: é usado como precursor da máscara dura de carbono amorfo na Deposição Química de Vapor Aprimorada com Plasma (PECVD). Também é uma fonte de carbono em alguns filmes de carbo-nitreto de silício.
  • Fabricação de Vidros: é usado para lubrificar os moldes usados ​​nos processos de fabricação de garrafas de vidro. Uma camada de fuligem fina é aplicada no molde de vidro, de modo que o artigo de vidro possa ser facilmente separado do molde após o resfriamento.

Informações gerais

Símbolo AtômicoC2H2
Número AtômicoNão possui
Série QuímicaComposto Químico
Estado NaturalGasoso

Informações técnicas

Massa Atômica26,04
Massa Específica1,1716 kg/m3
Volume Específico0,92 m3/kg
Peso Molecular26,04 g/mol
Densidade Relativa0,91
Temperatura Crítica36,3 °C
Ponto de Fusão-80,8 °C
Ponto de Ebulição-84 °C
Inflamável?Sim
ToxidezBaixa

Entre em contato com nosso especialista

    Cadastre-se e receba em primeira mão nossas novidades, promoções e lançamentos.

      Alguma dúvida? Pergunte ao nosso time. Estamos prontos para ajudá-lo!    Contate-nos