Blog Messer

Gás carbônico na conservação de alimentos: saiba como ele atua e as suas vantagens

Gás carbônico na conservação de alimentos: saiba como ele atua e as suas vantagens

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

O gás carbônico, em combinação com outros gases, é utilizado para conservação e no congelamento de alimentos ou na carbonatação de bebidas gaseificadas na indústria alimentícia. Com ele, é possível fornecer mais qualidade e agilidade ao processo de produção.

Quer saber mais?

Neste artigo, falamos com mais detalhes sobre as características do gás carbônico e suas aplicações na indústria de alimentos e bebidas.

Conheça as principais características do gás carbônico

O gás carbônico industrial é produzido pelo setor petroquímico ou pela queima de gás natural nos processos de cogeração. Para que ele esteja pronto para uso e seja de qualidade, é necessário que se apresente sob a forma liquefeita e seja incolor, inodoro e levemente ácido.

Composição

O gás carbônico é encontrado na atmosfera na forma de CO2, uma molécula composta de um átomo de carbono e dois de oxigênio.

Estado

Em temperatura ambiente, o gás carbônico encontra-se em estado gasoso — seu ponto de ebulição é de -78,46°C. Em estado sólido, recebe o nome de gelo seco.

Fontes emissoras

Na natureza, apenas 0,3% do composto é encontrado no ar. Essa quantidade é advinda de processos químicos, como a combustão e a respiração de seres vivos.

Mas o gás carbônico também pode ser emitido por outras fontes:

  • decomposição de seres vivos
  • erupções vulcânicas
  • desmatamento e queimadas
  • lavagem de polpa e celulose de papel
  • queima de combustíveis fósseis;
  • atividades como agropecuária e indústria

Como o gás carbônico é utilizado nas indústrias? 

O CO2 é utilizado para diversas aplicações nas indústrias em diferentes estados. Veja a seguir com mais detalhes.

Setor automotivo

Em misturas com nitrogênio, o gás carbônico é utilizado para calibração em testes de emissões de motores.

Mecânica

É amplamente utilizado como gás de proteção nos processos de soldagem MIG/MAG e arame tubular.

Alimentos e bebidas

Nesse tipo de indústria, o gás carbônico tem uma série de utilidades, como, por exemplo, na carbonatação de bebidas, no resfriamento, no congelamento e na conservação de alimentos. É do que trataremos em detalhes a seguir.

Conservação de alimentos: entenda a função do gás carbônico na indústria alimentícia

Quando se trata de conservação de alimentos, os gases são usados na etapa de armazenagem. A mistura ideal depende de alguns fatores, como o tipo de alimento, a microbiota presente e o mecanismo de deterioração do produto em questão.

Na prática, os gases são inseridos nas embalagens para substituir o ar que envolve o alimento. A ideia é que a mistura ofereça condições para a manutenção de suas propriedades físicas, químicas e microbiológicas.

Nesse sentido, o gás carbônico é um importante agente nesse processo. Ele age como bacteriostático e fungicida, o que desacelera o crescimento e a proliferação de bactérias aeróbicas e do mofo. Dessa forma, o alimento pode manter suas propriedades por mais tempo nas prateleiras do mercado e das casas.

Atmosfera modificada para preservação do sabor

Esse processo de conservação pode ser feito a partir do sistema Modified Atmosphere Packaging (MAP) ou simplesmente Atmosfera Modificada.

Por meio da alteração da atmosfera dentro da embalagem, os gases naturais aplicados garantem a manutenção da qualidade do alimento. Isso faz com que o produto mantenha as suas propriedades originais por mais tempo, aumentando a shelf life.

Por isso é bastante utilizado em saladas, chips, castanhas, lanches, cafés e produtos processados.

A Atmosfera Modificada é uma tecnologia bastante consolidada em diversos países do mundo, como Alemanha, Suécia e Estados Unidos, e no Brasil vem ganhando cada vez mais espaço.

Criogenia para melhorar qualidade do congelamento

Outra tecnologia que utiliza o gás carbônico na etapa de armazenagem é a criogenia, ramo da físico-química que estuda tecnologias para a produção de temperaturas muito baixas, além do comportamento de materiais nessas condições.

No congelamento de alimentos, a criogenia é feita a partir da combinação de nitrogênio líquido (-196 ºC) com dióxido de carbono (-78 ºC). Com a utilização de ambos no processo de alimentos, e o uso da tecnologia Messer, é possível ter um congelamento ultrarrápido.

Dessa forma, quando o consumidor final descongelar o alimento, ele manterá grande parte das suas propriedades e quase nenhuma perda de consistência e sabor.

Além disso, por ser um processo que acelera o tempo de congelamento do produto, é possível agilizar a produção e melhorar a logística da fabricação.

Confira, no vídeo abaixo, como acontece o nosso processo de criogenia de alimentos.

Benefícios do gás carbônico no ramo alimentício

  • maior agilidade de produção
  • mais qualidade no resfriamento e congelamento de alimentos
  • maior rendimento, devido a menor desidratação
  • maior diversidade de produtos
  • crusting de peças para fatiamento
  • aumento da shelf life (em comparação ao produto embalado sem ATM)
  • conservação das características naturais (frescor, sabor e cor)
  • redução da taxa de crescimento de microorganismos
  • minimiza o uso de aditivos e conservantes
  • redução de devoluções
  • melhora o processo logístico

Além do congelamento, o gás carbônico é fundamental para o transporte e a logística do produto

A logística do segmento de alimentos e bebidas também precisa de cuidados para que a qualidade e as propriedades dos produtos sejam mantidas. Quando se trata de alimentos congelados ou resfriados, é necessário fazer um rígido controle de tempo e de temperatura para evitar perdas.

O gás carbônico é fundamental nesse momento e pode ser utilizado de duas formas — como gelo seco ou neve carbônica.

Gelo seco

Nesse sistema, o gelo seco é colocado em um recipiente na parte da frente do baú. Seu consumo é calculado com base na temperatura desejada, no tipo de isolamento do veículo e no tempo de transporte.

Neve carbônica

Nesse método, a neve carbônica é aplicada sobre os produtos antes do fechamento das embalagens ou quando é importante baixar a temperatura antes do embarque. A quantidade de neve depende da temperatura desejada, do tempo de transporte e do isolamento da embalagem.

Onde comprar gás carbônico?

A Messer é a maior empresa do segmento de gases do mundo. Nós trabalhamos com uma série de gases utilizados por indústrias de vários setores para manter a sua competitividade, melhorar a qualidade dos seus produtos e ganhar produtividade.

O gás carbônico é um dos gases que fazem parte das nossas soluções e está disponível em cilindros de 6 a 40 litros ou na sua forma líquida, para armazenamento em tanques criogênicos.

Loja Inteligente da Messer

Pela nossa Loja Inteligente você consegue comprar cilindros de gás carbônico de forma prática, sem sair de casa e com a forma de pagamento que melhor atende a sua empresa. 

Além disso, por meio da Loja Inteligente também é possível algumas facilidades, como:

  • acompanhar o andamento de compras realizadas;
  • emitir segunda via de boletos e notas fiscais;
  • conferir e quitar dívidas e muito mais!

Visite nosso site ou entre em contato conosco 24h pelo número 0800-725-4633.

Buscar

Assine nossa newsletter

Receba notícias exclusivas do nosso time de conteúdo

Categorias

Categorias

Alguma dúvida? Pergunte ao nosso time. Estamos prontos para ajudá-lo!    Contate-nos